Contemporânea #7

20.00

A Contemporânea é uma editora especializada em arte contemporânea que integra uma plataforma digital trimestral e duas edições impressas por ano. É um espaço aberto ao pensamento, à reflexão crítica e ao entendimento da criação contemporânea e da inscrição das suas práticas num contexto global.

O seu objectivo principal é a promoção e divulgação da arte contemporânea produzida em Portugal, não obstante, privilegia igualmente outras perspectivas internacionais, no âmbito das várias práticas artísticas contemporâneas, que suscitem o debate e a reflexão crítica.

Inclui vários formatos: crítica, ensaio escrito e visual, entrevista e reflexões várias sobre arte e cultura contemporânea. Integra também projectos de artistas e edições temáticas especiais.

Sem qualquer intenção historiográfica, a sétima edição impressa da Contemporânea propõe uma aproximação à fotografia que sublinha tanto o carácter estruturalmente híbrido deste medium como o ecletismo do território que, afinal, nunca deixou de ser o seu. É a fotografia como um meio com o qual, entre outras coisas, também se produz arte, como lucidamente argumentou Susan Sontag, que nesta publicação reforçamos. Entre a problematização benjaminiana da fotografia como arte, à arte como fotografia de Sontag, vários são os artistas que, a partir dos anos 60-70, desenvolvem uma escrita fotográfica que problematiza as noções de arte e obra de arte. A fotografia (tal como o vídeo) contaminando o purismo dominante da herança modernista torna-se o instrumento a partir do qual a arte se pensará a si mesma.